GLOSSÁRIO

APF – Administração Pública Federal

API – sigla em inglês para Application Programming Interface (Interface de programação de aplicações) refere-se a definição de uma série de rotinas e padrões que permitem que desenvolvedores criem programas que interajam com a plataforma provedora da API. Por exemplo, o sistema operacional Windows fornece uma série de APIs para que os desenvolvedores de aplicações possam fazer com que seus programas interajam com o monitor, com o teclado, a impressora, o disco rígido, etc.

ATI – Analista em Tecnologia da Informação – carreira do MPOG

Capre – Comissão de Coordenação das Atividades de Processamento Eletrônico

CTO – sigla em inglês para Chief Technology Officer, oficial do governo responsável por toda política de tecnologia

DATAPREV – Empresa pública de TI que fornece soluções para a previdência social e políticas sociais

DATASUS – Empresa pública de TI que fornece soluções para a área da saúde

ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio

GPL – sigla em inglês para GNU General Public License, principal licença de Software Livre

MPOG – Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

MRE – Ministério das Relações Exteriores

PRONATEC – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

RUP – sigla em inglês para Rational Unified Process, metodologia de desenvolvimento de software criada pela IBM

SERPRO – Serviço Federal de Processamento de Dados, empresa pública de TI ligada ao Ministério da Fazenda

SISP – Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação, sistema instituído com o objetivo de gerir os recursos de informação da Administração Pública Federal Direta, Autárquica e Fundacional, coordenado pela STI, do MPOG

SISU – Sistema de Seleção Unificada, do Ministério da Educação

SLTI – Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

STI – Secretaria de Tecnologia da Informação

TI – Tecnologia da Informação

TIC – Tecnologia da Informação e Comunicação

TR – Termo de Referência

ÍNDICE