4.1.1 Iniciando o projeto

Segundo a IN04, o projeto começaria com a elaboração de um plano de inserção, que daria a contratada e a todas as partes envolvidas uma visão comum do projeto e todas as informações necessárias para sua execução. Ao invés disso, o projeto começou com um processo, batizado pela TW de Inception, que consistiu em duas semanas de imersão, com uma semana de intervalo entre elas, onde todas as partes interessadas no projeto se reuniram com o objetivo de construir uma visão compartilhada do que seria desenvolvido.

Nesta semana de intervalo, a equipe da TW trabalhou na construção de um protótipo e, no início da segunda semana de imersão já tinha uma primeira versão, obviamente precária, do que seria o produto.

Durante essa semana que a gente voltou pra Porto Alegre pra juntar e consolidar um pouco da informação, a gente aproveitou também e trabalhou num “protótipo marionete”. Mostramos essa “marionete” para os clientes pra ver se o que a gente entendeu na semana anterior realmente estava alinhado. Durante essa semana a gente também estava consolidando toda a saída e todo o mar de post-its que havia sido produzido na primeira semana. Quando a gente chegou lá, a gente chegou com uma versão um pouco resumida do que tinha sido conversado, o protótipo e a agenda pra semana seguinte. Na agenda da semana seguinte basicamente perguntamos “onde é que a gente tem que bater nesse protótipo pra ele ficar realmente a coisa de verdade?”. Assim a discussão foi durante essa semana. Quando a gente saiu dali estava todo mundo de acordo. Quer dizer, não vou dizer 100% de acordo, mas tinha muito mais acordo sobre o que é que a gente ia fazer do que quando a gente começou.1

Enquanto isso, a equipe do Ministério tentou elaborar o Plano de Inserção, seguindo as recomendações da IN04. Trabalharam durante dois meses, contando com o apoio da equipe da TW.

Até que chegou um belo momento que era tão conflitante a ideia de fazer um plano de inserção que definia um monte de coisa escrita em pedra, porque depois que você protocola aquele negócio aquilo é meio que uma bíblia sagrada do projeto. Era tão conflitante isso com o jeito como as coisas estavam acontecendo e as coisas nas quais eles estavam confiando, em termos da forma de trabalhar e da entrega que tava acontecendo, que eles desistiram de fazer um plano de inserção.2

1Entrevista com integrantes da ThoughtWorks disponível no ANEXO B.

2Ibdem

ÍNDICE