Te amarram na cadeira e calam sua boca

leo.jpg

Olha só essa propaganda dirigida a anunciantes. “Realizamos todas as fantasias dos anunciantes. Para que o público veja a sua mensagem, sem dispersão, anuncie nos nossos cinemas”. Poderia continuar assim: “Lá cobramos caro pelo ingresso, o que garante um público alvo seleto, isto é, mais efetividade para seu anúncio. Em nossas salas, o público não se importa, apesar de ter pago ingresso, de ficar mais 10 minutos sentados em silêncio assistindo as propagandas que quisermos. Naquela sala, naquele escuro, com a tela daquele tamanho e som daquela altura, não tem como o otário não ver sua propaganda.”

Leo,,

Te amarram na cadeira e calam sua boca