Ética Hacker e o WikiLeaks

Depois dos ataques ao site da MasterCard, e a outras instituições que cortaram relação com o site WikiLeaks, a palavra “hacker” caiu mais uma vez nas graças da grande imprensa e do público em geral. Normalmente associada a criminosos, dessa vez veio associada a “ativistas”. Melhorou, não dá pra negar.

Mas aí me lembrei de uma definição da ética hacker que li recentemente no livro “hackers – the heroes of the computer revolution”, e achei bom trazer a tona:

“Access to computers – and anything that might teach you something about the way the world works – should be unlimited and total. Always yield to the Hands-On imperative!”

Ou em uma tradução livre:

“O acesso a computadores – e qualquer coisa que possa te ensinar algo sobre como o mundo funciona – deve ser total e irrestrito. Sempre dê preferência a Mão na Massa”

Ou seja, o conhecimento não deve ser tratado como se fosse um bem escasso – aquele tipo de bem que eu se eu pego o seu você fica sem. O conhecimento e as ferramentas para se adquirir conhecimento devem ser acessíveis a todos.

No ensino de ciências da computação, priorizar a “mão na massa” significa priorizar o acesso do aluno/pesquisador/moleque-curioso ao computador, para que ele possa experimentar. O acesso não deve ser mediado e dificultado por “especialistas” que devem “ensinar” o que fazer e o que não fazer com aquele aparelho. É com a mão na massa que o aprendizado se dá. E é com acesso total e irrestrito que se formam as pessoas mais criativas e capazes de inovar.

Trazendo para o paralelo da informação jornalística, hoje não queremos apenas as informações que os governos ou empresas acham por bem divulgar. Tão pouco nos interessa ter apenas o olhar filtrado e comprometido da grande imprensa. Queremos e devemos ter acesso a íntegra dos fatos que impactam diretamente nossa sociedade – e a partir deles ser capazes de saber o que é e o que não é relevante. E por fim, com ou sem ajuda de mediadores (jornalistas, blogueiros, jardineiros ou djs…) interpretá-los.

Hands On.

Anúncios
Ética Hacker e o WikiLeaks

Um comentário sobre “Ética Hacker e o WikiLeaks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s