Os DJs corsários

Esses dias um grande amigo abriu mais um grande blog, O Corsário. No post de abertura ele fala bem sobre a relação dele com a pirataria na internet e como isso despertou pra ele, e pra muitos, um novo jeito de ver TV: “Eu comecei a baixar pirataria em 2000″… hehe parece confissão do AA.

Ele faz uma análise bem legal de como se surpreendeu com a mobilização das pessoas que cresceu muito nos últimos anos e hoje é capaz de disponibilizar um capítulo do LOST na rede, já com legendas em português, apenas algumas horas depois de o episódio ter estreado nos Estados Unidos.

A pirataria na internet hoje é altamente organizada, porém é descentralizada e sem fins lucrativos. Mais um bom exemplo de trabalho colaborativo que funciona.

O corsário é mais um site que aparece com um trabalho de curadoria da infinidade de coisas que estão disponíveis na rede. Esses sites fazem o papel do finado Disk Jokey das rádios antigas, que ouvia de tudo que chegava dos quatro cantos do mundo e selecionava o que considerava mais interessante para seus ouvintes.

Quem ainda tem medo de excesso de informação? A organização dessa informação tá acontecendo como tudo na rede: de forma caótica, descentralizada e de baixo pra cima.

Segue aqui alguns sites desse tipo que acompanho:

http://nirso.blogspot.com

You & Me on a Jamboree 

Som Barato

Leo,,

Anúncios
Os DJs corsários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s